Tempestade  

afrodite692014 49M  
283 publicações
24/9/2017 4:50 am
Tempestade

Era uma noite fria e chuvosa de inverno , a chuva caía com bastante intensidade , e estava bastante frio . Acendi a minha lareira , e como tinha acabado de sair do banho , aninhei-me no sofá , nua , somente coberta por um edredão. Estava a curtir a minha lareira , quando me tocam a porta , vesti a primeira coisa que tinha mão , um robe de cetim preto , bastante curto e de decote prenunciado.Do outro lado estava um homem completamente encharcado, debaixo daquela chuva torrencial , abri a porta , e o homem pediu se o deixava fazer um telefonema , tinha ficado sem bateria no tlm , era já bastante tarde ( 23 horas), e o carro estava avariado . Disse-lhe que sim , que podia usar o meu telefone, ele entrou e olhou-me de uma forma gulosa, afinal eu estava praticamente nua , e sei que com os movimentos, mostrei mais do que queria .Ele ligou para o mecânico , mas ele não atendeu ....e eu convidei -o a tirar aquela roupa molhada e a tomar um duche quente , porque senão seria gripe na certa , ele agradeceu e dirijio-se para a casa de banho , dei-lhe toalhas e coloquei a roupa dele junto da lareira para secar ......e voltei para o meu edredão quente ...e ali fiquei .....passados alguns minutos o estranho voltou , trazia só uma toalha a cintura , tinha um corpo perfeito é disse-me " já agora eu sou o Luis , e quero agradece-lhe a sua ajuda " , eu respondi-lhe que não tinha de agradecer , e convidei-o a sentar ao pé de mim , perguntei-lhe se queria um café , e ele disse que sim , ao levantar-me ,o robe tinha se desapertado, estava nua .....ele olhou-me para a ratinha e ficou com os olhos fixos nela , eu apertei o robe desajeitamente e fui buscar o café ....dei-lhe o café , e voltei a sentar-me debaixo do edredão, onde ele já estava , tinha tirado a toalha , está nu e excitado , eu finjo que não reparei , e iniciei uma conversa parva , estava atrapalhada , aquele estranho excitava-me bastante ......ele bebeu o café , pousou a chávena .....e as suas mãos tocaram-me, estremeci, acariciou-me as pernas , lentamente , enquanto eu conversava com ele , tirou o edredão de cima de nós , ele estava nu e com um pau enorme , desapertou-me o robe , e tirou -o , pegou -me ao colo , e deitou-me ao comprido no sofá , e ajoelhou-se no tapete , as suas mãos percorriam-me o corpo , a sua boca abocanhou os meus mamilos rijos , e eu gemia , uma das mãos abriu-me as pernas , e subiu até a ratinha , com os seus dedos abriu os lábios , e acariciou o clitoris , eu gemia , com os dedos penetrou-me , e sua boca agora sugava-me a ratinha , enquanto me penetrava com os dedos , não aguentei e vim-me na boca dele , algumas vezes.......deu-me o seu pau grande e grosso para chupar , e foi a vez dele de gemer , chupei, lambi, suguei muito , era delicioso , quando se estava quase a vir pediu para eu parar...enfiou o seu enorme pau na minha ratinha ......preenchia-me toda , começou com movimentos lentos , tirava e metia o pau , esfregava a cabecinha no clitoris , metia só a cabecinha e tirava , estava a brincar ....e estava a dar-me tanto prazer........já não aguentava mais , e pediu-lhe fode-me , e ele assim o fez , de todas as posições possíveis e imaginárias, e veio-se em cima da ratinha , e seu leite escorria por ela , pediu para tirar uma foto dela , cheia de leite , queria uma recordação , eu deixei......e depois abraçou-me , e adormecemos assim no sofá ............quando acordei , tinha desaparecido .......estranho será que sonhei ???


_69baco69_ 37H
18 publicações
24/9/2017 6:09 am

que bela historia...que delicia...


PauloFotoPro 53H
74 publicações
24/9/2017 6:51 am

Eu pensava que tenho tido sorte por nunca se me ter avariado o carro. Acabo de mudar de opinião.


olhosazuis1011 45H
57 publicações
24/9/2017 7:22 am

Acabei de ler a história e de ficar excitado!


querocomerte00 99H  
1 publicar
24/9/2017 8:12 am

eu faço te todos os momentos serem .....reais


queroprazer63 50H
24 publicações
24/9/2017 1:51 pm

O sonhar é bom---


crash4love 49H
371 publicações
24/9/2017 4:21 pm

Meu carro anda com problemas, onde você mora? Estava com vontade de usar seu telémovel


73Lisboa 44H
49 publicações
25/9/2017 2:53 am

boa fantasia... bem escrita
Também tenho uns contos no meu blog passa por lá


Pintodemel21 35H
24 publicações
25/9/2017 3:49 am

Belsdima historia Ameii ❤❤ Quem sabe podemos. Viver juntos momentos inesquecíveis de mt prazer e tesao ha mt sexo gostoso. . . onde o limite entte nos seria prazer e tesao que iria dizer..bjs maravilhosa💋💋😈😈

Só queria mais um pouco desse sentimento loucooo
E se isso for pecado, quem vai nos julgar


niroog69 42H
75 publicações
25/9/2017 6:47 am

para quem andava sem inspiração so tenho a dizer que comece a chover rapido !!!!!! ihihihihihihh


Carg772 45H
23 publicações
25/9/2017 8:27 am

uii eu adorav tornar esse sonho realidade sera que posso??


Souotaltesao2017 35H
41 publicações
26/9/2017 12:39 pm

muito bela história gata


henrique12425 38H
20 publicações
28/9/2017 12:30 pm

Bela história.


Peter42622 53H
1 publicar
30/9/2017 5:04 am

Eu li a história enquanto me masturbava... foi muito bom.
ainda bem que estás no meu círculo de amigos.
Obrigado


00000jp 45H
9 publicações
30/9/2017 8:24 am

Linda e deixo-me excitado


Psensualboy 40H
331 publicações
2/10/2017 10:02 am

Historia fantastica mas a foto é uma verdadeira delicia.


henrique12425 38H
20 publicações
2/10/2017 12:41 pm

bela história


magicboystar 38H
97 publicações
7/10/2017 6:16 pm

de manhã estava la para te dar outra


Pedro_Sensual 52H
800 publicações
16/10/2017 11:38 am

Gostei muito desta tua fantasia, muito sensual que desperta o desejo e me faz sentir ali naquela situação... contigo.
Deixo-te um texto que publiquei também há tempos no meu blog e que achei apropriado partilhar aqui contigo:

"Despertamos de repente na cama revolta, corpos suados e sexos húmidos de desejo... Eu estou aqui e tu estás aí. Quero-te toda e tu queres-me todo em ti, a preencher-te, a possuir-te... mas estamos longe, cada um na sua realidade. Teremos sonhado? será possível?
Fecho de novo os olhos e vejo-te agora claramente... que bom, estás de novo aqui. Sinto-te montada em mim, cavalgas devagar o meu pénis erecto, rodando as ancas quando o sentes todo em ti... Leio o desejo e o prazer nos teus olhos... estás a deixar-me louco.
Estendo os braços e toco os teus seios que acaricio primeiro levemente, sentindo os mamilos duros roçar sensualmente a palma das minhas mãos e, depois agarrando e apertando com volúpia, ao sabor do prazer que vou sentindo de cada vez que me enterras em ti...
E tu sentes nos teus seios como me deixas louco, estimulando
ainda mais o teu desejo e o teu prazer... puxo-te e tu tombas sobre mim, sem nos separarmos, unidos pelos sexos excitados. Beija-mo-nos longamente, trocando as línguas húmidas de desejo e prazer nas bocas um do outro. De repente sentes-me de novo afundar em ti num movimento forte, decidido, sensual... mas quem controla agora sou eu e os movimentos sucedem-se uns atrás dos outros, sem parar, intensos, fortes, a golpear o fundo da tua vagina com a intensidade com que um boxeur atinge o saco indefeso.
Ergo as nádegas e as ancas, para afundar assim debaixo para cima e de trás para a frente, o pénis todo na tua vagina melada do teu desejo. Agora sinto mais o teu pulsar que me aperta o sexo e tu sentes-me mais em ti, por via das minhas mãos que te agarram e apertam as nádegas...
Começas a não ter força nos braços para aguentares a força e a intensidade das minhas investidas e por vezes cais para a frente, os teus seios sobre a minha cara... e eu beijo-os, chupo-os mordisco-os com uma intensidade voluptuosa... e tu gostas... ris-te e divertes-te a meter-mos na boca e a tirar de novo... excitando-me, sentes redobrar a intensidade das minhas investidas, perdes momentaneamente o controle de ti mesma e eu invisto nos teus seios com uma intensidade devoradora, semelhante aquela com que o meu pénis devora as tuas entranhas...
De repente encontras forças para te ergueres de novo e cavalgas-me outra vez, agora num galope desenfreado. Eu estendo-te os braços que tu agarras como duas rédeas e inclinas-te para trás para sentires o meu pénis tocar muito fundo na parede frontal da tua vagina... caramba!!! Sinto-te muito assim... deixas-me louco e eu gemo descontroladamente entregando-me ao sabor do prazer que sinto em ti...
Sinto uma vontade incontrolável de te deixar louca também e cada vez que desces e o enterras todo eu aperto-o contra ti ao máximo e rodo-o num movimento rápido de ancas antes que tenhas tempo de subir de novo...
Pelo teu gemido sei que tiveste prazer e repito-o sempre que me afundas em ti... até que me levanto ficando os dois sentados, encaixados frente a frente, começando agora a empurrar os sexos um contra o outro em movimentos pélvicos, ritmados e sincronizados...
Abraça-mo-nos e aperta-mo-nos com força, os peitos esmagados um contra o outro, as bocas unidas num beijo que teima em não terminar nunca, prolongado por caricias entre os lábios e as línguas... sentimos as respirações quentes, fortes, descontroladas, sentimos os cheiros dos perfumes e dos corpos misturados com o odor inebriante do sexo...
A música há muito que chegou ao fim e nada mais corta o silêncio da noite, só os gemidos e os gritos de prazer, roucos, surdos e abafados pelo esforço desta cavalgada a dois, unidos pelos sexos, apertados numa onda de paixão e volúpia.
Quero prolongar este momento até ao infinito... não quero acordar..."

Do meu blog - Fogo do Desejo


Torne-se um usuário para poder fazer um comentário neste blog